Pular para o conteúdo principal

Postagens

Destaques

Prece (em homenagem a Dom Pedro Casaldáliga)

Que
eu resista,
insista,
persista,
que as minhas causas continuem atuais
e em tudo que eu consiga falar
coloque a esperança

Que do quintal da minha casa
ao mundo
cada queda
me fascine
e inspire
ao ponto a nunca
deixar de tentar de entendê-la
e quando não conseguir
que eu possa aceitá-la
como irmã
na transformação
diária
que somos todos nós

Que
quando minha cabeça for envergada pela fragilidade física do meu corpo
a briga com o tempo me provoque mais ainda a vontade de não calar

Que cada acidente de percurso
me lembre que a única coisa com que contamos é a vida
e entre as duas portas do caminho
o aprendizado.

Últimas postagens

Tudo que você precisa

PUNK

Salvador

Corrigindo provas

Não fecheis o coração

Sobre nuvens, lobos e magias

Bilhete na geladeira

Oração

Boletim

Amarrei (Homenagem a Manoel de Barros)