Bala mata fome?
















Reflexo na poça da Casa da Esquina da Rua Chile com Rua do Tira Chapéu. Salvador. 2007.

Tonny Bittencourt's photos
, Todos os direitos reservados.

http://www.flickr.com/photos/tonnybit

-

O passado

Começou assim: vi uma foto em um mural da UNE depois da aula na faculdade.

Assim que desci as escadas, tava lá a tal frase me esperando no meio de um monte de faixas na foto de uma manifestaçao no Rio de Janeiro de março de 1968.

Era assim: "Bala mata fome?"

Olhe que neste tempo eu só tinha três anos e a ditadura da ordem, da repressão psicológica e da covardia armada tava matando de todo jeito.

Eles iam moldar o país mesmo que tivessem de ir apagando social, psicológico e fisicamente quem não concordava.

As fotos da época dão raiva, ódio, revolta e nojo, tudo no mesmo tempo.

Para aqueles infelizes de mundo simples, quem não era da "ordem", quem não era útil ou não dizia sim, era problema. Tudo fácil de entender e executar.

Agora, se agente sabe que os donos da verdade são assim, que não querem mudar e nunca terão saco pra quem pensa noutra freqência, por que uma foto disso tudo que já passou incomoda?

Acho que é a sensação que algo errado do passado capturado pela foto continuou, Que aquela frase pode estar numa manifestação em vários lugares do nosso presente. Gritando com o nosso modo (ainda ) torto de lidar com as nossas fomes, de lidar com o "semelhante".

É isso. fico triste quando descubro. A historia deles me olha através da foto e do tempo e quer dizer alguma coisa sobre como mudar...

Ah sim, já iá ia esquecendo, cuidados com fotos, elas podem ser espelhos disfarçados...


Vjr.

Comentários

Postagens mais visitadas