Fazendo direito...

Acho que é o Kant que diz algo sobre ser honesto no sentido de se afirmar o próprio valor como homem na relação com o outro.

Pois é, esse cara antigo querendo dizer da humanidade da nossa própria pessoa, disse coisas como:

" Não te convertas num simples meio para os demais, mas sê para eles ao mesmo tempo um fim".

"Não prejudique ninguém. Ainda que para tal tenhas de te desligar de toda relação com o outro e evitar toda a sociedade"

Ele ainda diz que se não conseguir evitar isso, é para entrar numa situação em que a cada qual se possa assegurar o seu perante os outros.

Bom. e Daí?

Daí que fiquei pensando muito nessa aula que eu tive e acabei comparando com minha vida (pra variar..) e com o mundo das pessoas ao meu redor (pra variar mais ainda..), e com as relações entre tudo isso (é a parte que mais gosto..).

Percebi que mesmo quando nem imaginava essas coisas, tinha conseguido ser mais honesto sempre que me reafirmava como pessoa nas relações com o outro. quando era eu mesmo.

Hoje entendo que nem sempre era por má fé ou maldade "natural" que as vezes quando perdia meu espaço para as pessoas, eu me convertia num meio para elas. As vezes era por ingenuidade minha ou falta de malícia mesmo.

A gente peca muito por não se conhecer direito. No meu caso e o de muita gente de bom coração que eu conheço, essas coisas aconteciam muito e na maioria das vezes eu nem percebia.

Eu, com esse meu jeito paternal de ajudar todo mundo e de cuidar das pessoas, me passava até em relacionamentos profissionais, em amizades e no amor principalmente.

Eu sempre tentei não prejudicar ninguém. Sempre tentei me desligar de toda relação que caminhava desse jeito. Nem sempre deu. Mas a gente vai tentando e aprendendo até, a, se necessário, evitar a tal sociedade. Mesmo que ela seja de apenas duas pessoas como é num relacionamento íntimo.

E o que a gente ganha?

A paz. a possibilidade de assegurar o seu perante os outros.

A gente pode dizer isso de muito jeitos, o significado acho que vai ser sempre o de amadurecer ou se a gente quiser usar o vocabulário do Drummond: Enlou-crescer...

Comentários

Postagens mais visitadas