Flor Bela

Bonito.
Já tinha lido.
Mas ouvi hoje por acaso. Com calma.
Tão bom quanto ler.

Tanto incentivo pra visão
As vezes a gente esquece de ouvir.

Quem ainda tiver, ouvidos, aqui tem um lugar pra usar.

http://www.prahoje.com.br/florbela/?p=247

Só pra lembrar é dela também o poema "Fanatismo", que virou música na voz de Fagner.



O meu impossível


Minh'alma ardente é uma fogueira acesa,
É um brasido enorme a crepitar!
Ânsia de procurar sem encontrar
A chama onde queimar uma incerteza!

Tudo é vago e incompleto! E o que mais pesa
É nada ser perfeito. É deslumbrar
A noite tormentosa até cegar,
E tudo ser em vão! Deus, que tristeza!...

Aos meus irmãos na dor já disse tudo
E não me compreenderam!... Vão e mudo
Foi tudo o que entendi e o que pressinto...

Mas se eu pudesse a mágoa que em mim chora
Contar, não a chorava como agora,
Irmãos, não a sentia como a sinto!...

Comentários

Postagens mais visitadas