A Dança

As vezes a música do oriente chega primeiro
As vezes tem os incensos
As vezes tem silencio

Entram dançarinas

O espetaculo é festa para todos os sentidos
E as mulheres e os olhos olham tudo

As sensações acompanham as roupas.
Os movimentos da cintura
As moedas e o ritmo

Os detalhes e os lugares do corpo

A dança que harmoniza e hipnotiza
é em si dançada pra Deusa.
Não de fora.
mas a de dentro.

Quem celebra
É uma outra mulher
Outro nome

A Divindade em festa
Extremamente feminina
Ocupa todos os espaço

Invocada,
Ela pergunta apenas pela sua fome
Pela sua procura

Ela pede apenas a sua medida das coisas
O seu modo de usar os seu sentidos
e sua percepção

Mas,
Oferece em troca
Um universo

Comentários

Postagens mais visitadas