Até um arranhão

A frase ficou
Na minha cabeça,

Incomodou.
Até botar ela aqui.

Sim.
Descobri na hora de dormir.
Fazer o quê?

Literatura russa
Bem que podia não ser da boa
Mas é:

"...Muito mais tarde, compreendi que os russos,
em razão da indigência e da penúria de sua vida,
em geral adoram distrair-se com a própria desgraça,
brincam com ela como crianças
e raramente se envergonham de ser infelizes.

Na monotonia interminável dos dias úteis,
até a desgraça é um feriado,
e até um incêndio é uma distração;
num rosto vazio, até um arranhão é um enfeite..."

Maksim Górki, Infância (1914)

Pô, Górki
Quantos rostos, quantos mundos, suas palavras ainda vão vestir?
Infelizmente tão bem?

Comentários

Postagens mais visitadas