Seguindo

Começou com uma bomba.

No mar.

Pescam descaradamente aqui ao lado do C.R.A. (Centro de Recursos Ambientais).
Jogo de gato e rato
Gatos públicos "oficiais" e ratos pescadores "do povo"
Todo mundo fazendo bem o teatro, as duas partes ganhando sempre e todos os outros perdendo...

Depois duas carreatas no volume máximo, cheias de candidatos a "assessores em cargos de confiança" dos políticos daqui, todo mundo fazendo buzinaço em seus carros e roupas de fim de semana, óculos escuros e tudo-o-mais, no eterno desrespeito ao mundo não-classe-média, exibindo sinal de força econômica (já que não sabem mesmo se comunicar), nem podem exibir a força que importa, a força moral.

Depois almoçar. Não deu.
Precisou do carro pra outra coisa.
Bateria do celular pifa.
É hoje. Não consigo falar com ela
Ligo finalmente: caixa
Desisto.

Depois de várias coisas almoço finalmente depois das quatro horas.
Sair correndo pra ver se dá tempo assistir a mostra de artes.
Não deu também.
Vou voltando.
Lembro a tempo de deixar um material aproveitando o caminho.
Faço minha boa ação.
Pelo menos isso...

A P... do celular funciona, é um convite para sair
Vou de carona desa vez
Penso comigo: "sem stress"
Quem sabe o dia, quer dizer a noite, resolve começar agora, não é?

Comentários

Postagens mais visitadas