Post também é gente...

Soube que a idéia de escrever coisas e publicisar apareceu, em registros pelo menos, na china antiga.

Escreviam, desenhavam e colocavam presos em "cartazes" de peles, madeira ou sei lá-o-quê, nos muros do meio das aldeias lá e quem queria ia no material e anotava ali mesmo o que quisesse, que nem mural, cada peça era alterada e somava informação tantas vezes quantas alguém tivesse interesse, num verdadeiro mural do mural.

Pensei hoje que o mundo real pode voltar a ser um lugar pra recuperar esse costume num movimento contrário ao que vemos na internet, algo no sentido da "blogosfera para a rua".

Fazer os textos existirem, agora também na realidade "real" e não apenas na realidade "virtual" da internet.

Nos muros, nos postes, portões, portas, vidros, murais, cais, paredes

Mas sem identificação, sem "dados" pessoais, apenas o "corpo" do texto e no final da página o nome do blog.

Que tal?

Uma "panfletagem" útil, onde os partidos são os nossos olhares partidos, o candidato é o mundo, e o número, esse é o de sonhadores que escrevem e sonham sempre acordados.


Foi dado o primeiro passo, ou seja, movimento subversivo iniciado

Inscrições abertas para todos os interessados

Tremei mundo...

Comentários

Postagens mais visitadas