De manhã

Ela abraça o travesseiro
como se fosse o namorado

Onde está?

Paro para olhar

Tudo me fascina

Mas meus pobres olhos abertos
não vêem o mundo dela

Mostram apenas a minha partezinha
no quadro deste momento

Não sabem que sonhos

São piscadas que as vezes a realidade dá pra a gente

Acordar

Comentários

Postagens mais visitadas