Perto

Escreve um amigo
na minha tela

Ele é um monte de símbolos
letras pretas
as vezes
com imagem e voz

Na janela que cabe quase tudo
dividimos nossa solidão
ironizamos o mundo
e parecemos cansados das pessoas

Mas presos na teia
somos também realistas, modernos, práticos, céticos
moldando tudo

Toda hora mudamos para algo novo e melhor
colocamos mais camadas entre nós e o real
sonhamos digital,
e escolhemos com quem queremos parecer

Pena que sou limitado
e só posso de verdade
ser um

Comentários

Postagens mais visitadas