O discurso do rei Henrique

(Para Henrique)


"A vaidade deverá levar a ruína as tuas relações
O teu orgulho até a cegueira frente a teus erros
E teu medo a
Tua inércia irada

Depois

Junto a teu arrependimento
As nuvens do paraíso
Deverão queimar abauladas
fumegantes

E quando

Chegar o tempo de teu epitáfio
Elas se curvarão
Até a insignificância da terra

Eliminando sem tocar

O que há muito
Muito
Tempo

Deixou de importar"

O rei acordou um dia
Com este sonho
Diferente

Sem entender
Por que não estava a fim
De ter mais um dia
Normal e indiferente

Como era um rei antenado
compartilhou no blog
para seus súditos

E proclamou feriado
para todos pararem o que estão fazendo e pensarem

Que seja feita a vontade do rei

Cumprida em todo

O reino

Virtual.

Comentários

Postagens mais visitadas