Sobre ontem a noite

Dormi na cadeira ainda com as roupas do trabalho

Apaguei
cansado da vida outra vez cobrando pão
do meu relógio desajustado

Desliguei

E nem me lembro

Sempre vivi mais do outro lado
e voltei das minhas pontes
para a realidade

Mas vai fazer três meses que mudou a cor dessa poesia

Ando no papel calado
a cabeça longe
os pés desenhando as letras
olhos pulando cercas
pintando as pás de um ventilador ligado.

Sabe quando o mundo fala ao vento coisas que só
um coração encantado consegue escutar?

E você ouve?

Aliás,

É isso...

Sou um homem que com todas as letras está apaixonado.

Comentários

Lindoooooooooooooooooooooo!

Postagens mais visitadas