Poema pequenininho

Parar tudo
ficar mudo
no tumulto do silêncios das vozes falando ao mesmo tempo dentro de mim
ao ver você
minha lua
e  não saber outra forma.
De novo
já me perdi
finalmente entendi que o mais simples agora com você
é imensidão. 

Comentários

Postagens mais visitadas