Louco

As vezes ganho carinho, admiração, curiosidade, perdão e algum desconto
dos outros
por ser diferente

Sou louco calmo na maior parte dos ambientes

Daquele tipo que escreve poesia
em dinheiro

Que transcreve sem saber a língua

Antena da minha pele grudada na rede do mundo

Captando no dia
o que não sei
nem sei se quero

Emoção,
ruídos, cor, perguntas,
calor, luz, frio, sombras, amor, dor

Nem tudo é feliz
nem cabe
mas deixo passar por mim

Não guardo nada que não queira ficar
nem se expressar

Sou ponte

Sem controlo a origem

Nem a razão.

Comentários

Postagens mais visitadas