Ouvindo o Pink Floyd

Deixem eu falar de minha alma

Aparente calma
guitarra de letras

Deixa eu tocar
meu alfabeto ouvido do lado de lá

Deixa...

Só assim eu salvo
meu eu antena
de olhos fechado apertados viajando na cordas invisíveis desse instrumento de papel inventado que nas minhas mãos vibram notas de fantasia 

Poesia é só oração

Para os pés
levarem o coração  
através de todas as nossas pontes...

Comentários

Postagens mais visitadas