Aperto

Quero lhe falar
mas não acho jeito

Correndo
fragmentando
explodindo
batendo

Sem parar

Aqui dentro
do peito

Comendo tantos Selfies, redes, dados,
demandas, sapos,
modas, indignação,
"civilização",
normas de felicidades
e comportamento

Parece que você não me ouve direito

Porquê tantas bandejas cheia opções de tão pouco alimento?

Você nem sabe mais qual foi o prato

De ontem...

Reinicialize

Reconecte-se

Ou nos dividiremos

E eu vou partir

Me desnudar

Me desvestir

Entre moinhos

Tentando voltar a ser um coração
Inteiro.

Comentários

Postagens mais visitadas