Ponto azul

Do alto de minha cadeira sobre um mundo
que gira no meio do nada

Registro símbolos de minha alma

Escrevo
sem camisa

Em uma das línguas
faladas

Nesse universo grão de poeira
banhado por um sol

Do alto de minha cadeira
 
Ela mesma um ponto azul

Desço coisas do ar

Aprendo mais sobre humildade

Com a poesia das frases

Do Carl Edward Sagan

E a magia

De uma antiga foto da Nasa

Do que em todas as falas e discursos que já pude escutar.

Comentários

Postagens mais visitadas