Sobre a dor

Vou dividir
o amor que tenho por esta terra com as pessoas
muito
e sempre
e de todas as maneiras
porque não só este desgoverno
mas todos este louco
mundo
e nós
também
passaremos

E tudo será desimportante

Vou usar
a dor
de viver
nesse país
para fazer algo
além de poesia
enquanto me lembrar
que ainda tenho calor
e é possível
continuar humano
entre todas estas facas
nos dividindo em pedaços
todos os dias

Vou escrever
por ai
que o desespero não precisa ser moda a partir de 2016

Que já não somos os mesmos
que nem tudo fizemos
e por isso estamos sofrendo
como os nossos pais
sofreram
naqueles temidos tempos
lá atrás.

Comentários

Postagens mais visitadas